Viagens Agendadas
  PATAGONIA - TRAVESSIA DOS ANDES (14D/13N)
Preços por pessoa
Datas de saída
Não há datas de saída programadas.
Datas de saída
Reserve esta viagem

Como posso pagar?
 
Nível de Dificuldade
Ultra Desafiador
Duração da viagem
Início/Fim
Bariloche (BRC), Argentina 
Puerto Montt (PMC), Chile 
Atividades
Personalize esta viagem
Envie esta viagem por e-mail
 

Dia 1:Bariloche Chegando ao aeroporto internacional de Bariloche, um transfer vai te levar para o hotel no centro da cidade. Bariloche está situada às margens do Lago Nahuel Huapi. No inverno a cidade fica rodeada de turistas que praticam esqui nas montanhas. Dependendo do horário que o seu vôo chegar, você vai ter a chance de explorar a área e obter um excelente vista desde o Cerro Otto ou de fazer compras de ultima horas antes do passeio. Você vai conhecer seu guia e o resumo completo para os próximos dias. Vamos juntos para um churrasco tradicional em um restaurante local.
(30 minutos de transporte privado) (J) (Pernoite em hotel 3*** em Bariloche)


Dia 2:Bariloche / Rio Pichileufu Após o café da manhã, um transporte vai nos levar 30 km até o ponto de partida do passeio na Estância Nirihuau, com 180 hectares de florestas sendo 70 hectares utilizados para treinamento e montaria de cavalos. Uma vez na fazenda, teremos um tempo para escolher os cavalos e checar os equipamentos, conforto etc. Nós vamos começar nossa cavalgada passando pelo Cerro las Butreras e cruzando o riacho la mina, que é próximo ao Vale Alto Chubut onde vamos observar uma vista panorâmica do local. Pausa para o almoço e a tarde vamos cavalgar para o Rio Pichileufu, onde acamparemos.
(30 minutos de transporte privado, 6-7 horas cavalgando) (C-BL-J) (Pernoite no acampamento sem facilidades)


Dia 3:Río Pichileufu/ Nascimento Alto Chubut Pela manhã tomamos um café da manhã típico da região. A cavalgada vai ser através do desfiladeiro Pichileufu Vale Carreras as montanhas passam de 1800 MTS, que é um ótimo local para ver condores,águias e uma abundância de vida selvagem . Começaremos nossa descida para a fonte do Rio Chubut com vegetação seca. Montamos o acampamento nos 1500 mts. Alguns pastores nômades ainda passar algum tempo lá.
(6-7 horas de passeio) (C – Bl-J) (Pernoite no acampamento sem facilidades)


Dia 4: Vale Chubut / MT Passagem As Serras Hoje nos vamos começar cavalgando através do Vale Chubut. Existe a possibilidade de parar na família Miranda, que vivem muito perto de uma mina de chumbo abandonada. Faremos uma breve parada para visitar o local e conhecer a família local e seus jovens gaúchos. Este local mostra os restos do passado, quando as aventuras eram para se encontrar ouro. A tarde viajem a cavalo num terreno duplicado até Las Serruchas passando por uma vista deslumbrante da Serra do Tronador, suas geleiras e os estepes infinitos.
(6-7 horas de cavalgada) (C-BL-J) (Pernoite no acampamento sem facilidades).


Dia 5: MT As Serras /Fitalancao Depois do café e desmontando acampamento, os cavalos vão nos levar para baixo no estepe patagônia, onde a vegetação muda e vamos encontrar caixa de folhas,arbustos de fogo e língua de fogo.Ao longo dos séculos essa fazenda foi se remodelando, mais mantendo seu próprio estilo.Visite os galpões e depósitos de trabalho.Para o jantar, vamos aproveitar para desfrutar de um delicioso assado com legumes locais e vinhos argentinos.
(6-7 horas cavalgando) (C-BL-J) (Pernoite no rancho, com banheiro e chuveiro quente).


Dia 6: Fitalancao/ Ñorquinco / Maiten / El Bolson Hoje é o ultimo dia com os cavalos criolos argentinos. Nesta manhã vamos pegar todas as nossas coisas e vamos andar por uma estação abandonada de trem a vapor no Fitalancao. Ela era utilizada para comunicar para se comunicar com outras aldeias no inicio dos anos 40. Vamos seguindo pela ferrovia, ela nos leva a uma pequena aldeia indígena chamada Ñorquinco. Depois de passarmos pela rota continuamos passando por outras estâncias no caminho até encontrarmos a estrada por onde vamos nos despedir dos cavalos. Mais tarde, vamos tomar um transporte privativo para Vila El Maiten, e vamos visitar o museu com os primeiros comboios a vapor da região. A tarde vamos pegar um transporte para El Bolson. Está é uma cidade atraente cercada por montanhas, onde muitos artesãos mostram seus produtos a um mercado de pulgas.
(4 horas cavalgando, 45 minutos de traslado privativo) (C- BL-J) (Pernoite no holtel **** em El Bolson).


Dia 7: El Bolson / Bandurrias Island Café da manhã e transfer privado para o cais do Lago Puelo, vamos carregar os barcos e continuar nossa viagem de aventura. O barco Jet-turbo nos levará ao longo dos dois lagos, vamos atravessar passando pelo controle de imigração. Depois de ter cumprido os procedimentos de praxe, vamos atravessar as corredeiras que unem os dois países: Argentina e Chile. Vamos aproveitar o almoço. Um guia local estará nos esperando e vai tomar conta das nossas bagagens. Depois do controle personalizado no lado chileno teremos 10 km até o Lago lãs Rocas, onde uma lancha nos levará a ilha de Bandurrias. Vamos ter excelentes vistas da Cordilheira do Andes e das montanhas circundantes. Uma recepção calorosa e um belo descanso estarão esperando por você em sua cabana exclusiva na ilha.
(30 minutos de traslado privativo, 2,5 horas de barco) (C-BL-J) (Pernoite na cabine Las Bandurrias).


Dia 8: Ilha Bandurrias / Lago Azul Logo cedo vamos aproveitar nosso café da manhã. Essa manhã vamos cavalgar duas horas visitando o Lago Azul com de águas cristalinas, com abundancia de peixes. Os picos majestosos e as paisagens deslumbrantes não vão escapar de sua atenção. Logo depois um piquenique na beira do lago para relaxar. Depois do almoço nos vamos cavalgar, passando por íngremes de toda floresta, e ao longo das montanhas passando o frio típico da selva e floresta tropical do tipo Valdivia. Você irá aproveitar a Alerces arvores antiga assim como outros “gigantes” comk “Coigues” e “arrayanes” (a arvore do frio. Termine o passeio no Palenque. Velejamos de volta a ilha.
(45 minutos de viagem de barco, 5 horas cavalgando) (C-BL-J) (Pernoite nas cabines Las bandurrias)


Dia 9: Las Rocas / Lago Verde Depois do café, um barco à motor vai nos levar de volta ao outro lado do lago onde os cavalos vão estar esperando. Navegando pelo rio usando um método tradicional de jangada em recursos mão de obra! Os cavalos vão se dar bem! Chegaremos ao “Segundo Corral” a ultima colônia perto da fronteira. Em seguida siga a trilha até o Rio Puelo, há uma fantástica ponte suspensa, A passarela do Rio Puelo, é uma importante ponte de suspensão crucial para a comunicação entre os moradores do mundo exterior. A noite jantar na casa Cosy em frente ao Rio Puelo. Os anfitriões alemães e chilenos vão nos convidar para mostrar sua casa.
(30 minutos de barco, 5 a 6 horas cavalgando) (C-BL-J) (Pernoite na casa da fazenda local)


Dia 10: Lago Verde / Ventisquero Depois de um café da manhã legal, vamos selar os cavalos e atravessar novamente a ponte suspensa e seguir pelo lado oeste do Vale do Ventisquero, aprecie essa paisagem verde e remota. No Ventisquero vamos parar e almoçar e descansar. A tarde, a cavalgada vais nos levar para uma pequena casa aonde os proprietários vão nos alojar por 2 noites.
(4 horas cavalgando) (C-BL-J) (Pernoite na casa da fazenda local).


Dia 11: Ventisquero Depois do café e de embalar o almoço, vamos embarcar em um passeio tranqüilo, atravessando o rio, mais uma vez para se juntar a outro vale e suas geleiras. Esse pequeno vale é um pouco remoto e selvagem, possui uma incrível flora e é desprovida de habitantes. Nesse momento vamos chegar perto da floresta Alerces. Vamos almoçar e cavalgar de volta à nossa casa de hóspedes. Mais tarde existe a chance de ir para uma caminhada ao redor da área ou simplesmente relaxar com uma taça de vinho.
(4 horas cavalgando) (C-BL-J) (Pernoite na casa da fazenda local)


Dia 12: Ventisquero / Rio Puelo No inicio da manhã vamos desfrutar de um café da manhã caseiro na casa da fazenda. Depois de volta aos cavalos! Esta manhã, a trilha vai nos levar através da bonita floresta, clara e com pampas, uma oportunidade única de se cruzar várias vezes o Rio Ventisquero. Vamos desfrutar de um almoço agradável à beira do Ventisqueiro. À tarde vamos cavalgar para um lugar aonde provavelmente vamos nos reunir com os agricultores locais, que trabalham em suas terras cuidando de gado, tentando ganhar a vida através da agricultura familiar. É surpreendente ver como essas montanhas são tão férteis. No final do dia vamos atravessar o rio como fazem os locais: em um barco a motor com um condutor de cavalos. Ultima noite de alojamento na confortável casa na fazenda.
(6 a 7 horas cavalgando, 20 minutos de barco) (C-BL-J(Pernoite na casa da fazenda local)


Dia 13: Grande Llanada / Puerto Varas Nós vamos aproveitar outro café da manhã caseiro. Os cavalos vão nos levar a uma floresta ao longo do Rio Puelo e para a grande aldeia Lanada. Um transporte privado vai estar nos esperando, Vai dirigir por uma hora até a balsa que vai cruzar o rio até o outro lado do Lago Tagua, e dirigir para Puerto Varas. A estrada passa ao lado do estuário Relocavi. Você vai aproveitar a bela vista do rio que flui para o mar. No nosso caminho para Puerto Varas vamos ser capazes de contemplar as cores da natureza virgem do Parque Nacional de Vicente Pérez Rosales, contornando o lago Llanquihue e os vulcões de Osomo e Calbuco, e tudo ao redor da cidade de Puerto Varas.
(3 a 4 horas cavalgando, 4 horas de transporte privado) ( C-BL- J)(Pernoite no hotel **** em Puerto Varas).


Dia 14: Puerto Varas / Aeroporto
Café da manhã e traslado privativo para o aeroporto de Puerto Varas. (C) (45 minutos de transporte privado)

 

Acampamento Chile Nativo

Oferecemos aos nossos passageiros barracas quatro estações “North Face VE 25” com capacidade para três pessoas, porém utilizamos em duplas para maior espaço interno e conforto. Além disso nossos acampamentos contam com uma grande tenda Mountain Hardware para as refeições, quando os grupos são superiores a seis pessoas, e quando é possível montá-la.

O cavalo crioulo Chileno
Assim como outras raças de Crioulos na America Latina, os Crioulos chilenos são extremamente interessantes. Eles possuem um metabolismo baixo, limite alto de desconforto e grande imunidade em doenças com um ritmo notável de recuperação. Seus cascos são fortes e sua pelagem espessa e dupla, eles são adequados tanto para o frio ou clima seco/quente. É duvidoso e nenhuma raça supera o seu nível de energia produtiva. Embora com abundantes crinas, caudas e topetes que são característicos de todas as raças ibéricas nas Américas, ninguém pode comparar com o volume e a espessura que caracteriza um bom exemplar da raça crioula chilena. É realmente irônico que uma raça como a Crioula Chilena seja totalmente desconhecida para alguém fora da América do Sul meridional. O fato é que esta raça é o mais antigo registro da raça Crioula, a raça mais antiga de cavalos registrados na América do Sul.

Nenhum testemunho foi deixado para esta viagem.
Veja outros testemunhos AQUI
 
Copyright © 2001 - 2017 ChileNativo.travel - All rights reserved | Site Map
Web site design by Media Tools Ltda. & dynamized by Informatic

CUSTOM TRIPS
Tailor Made - Viajes a Medida - Voyage à la carte

LANGUAGE
Patagonia trips - Viajes a Patagonia - Voyages en Patagonie

ACTIVITIES

Locations